Lúcio Flávio é eleito o novo presidente da OAB-GO com mais de 56% dos votos

O professor e advogado Lúcio Flávio de Paiva, que encabeça a chapa OAB que Queremos, acaba de ser eleito presidente da seccional goiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO). Com 82% dos votos apurados, a chapa teve 56,72% dos votos válidos da capital. Ficou em segundo lugar Enil Henrique de Souza Filho, da OAB Independente teve com 22,32% dos votos. O terceiro colocado foi Flávio Bounduce Borges, da OAB Forte, grupo que dirigiu a entidade nos últimos 20 anos. Ele recebeu 20,96% dos  votos. Faltam ainda computar os votos do interior.

Lúcio Flávio disse que o resultado é a “vitória da advocacia, da transparência, da democracia”. Segundo ele, os advogados provaram que querem um tempo novo para OAB de Goiás. O novo presidente tem como vice-presidente Thales José Jayme (veja abaixo a composição da chapa).

A apuração dos votos foi acompanhada pelos apoiadores e integrantes da chapa em frente a um telão montando no Centro de Convenções. Cada voto era comemorado. Gritos de “o sonho nós temos, OAB que Queremos” mobilizaram todos que estavam presentes.  Ficaram no local apenas a militância e os candidatos já que os dois outros concorrentes e seus seguidores foram para os respectivos comitês acompanharem a apuração.

Bandeiras

Transparência, respeito aos advogados e resgate do prestígio da Ordem são algumas das principais bandeiras defendidas por Lúcio Flávio. “Queremos uma OAB participativa, democrática, republicana, transparente, que faça valer dentro de casa o que toda a sociedade brasileira exige de fato: retidão, honestidade e o trato impessoal com seu patrimônio físico, histórico e ético”, defende o presidente eleito, que foi carregado pela militância sob os gritos de vitória.

resultado eleição

Há cerca de um ano Lúcio Flávio se empenhou em visitar todas as subseções da OAB. Nesse período, ele rodou mais de 25 mil quilômetros, colhendo propostas, conquistando apoios e observando os problemas e as demandas da advocacia goiana. “O que temos hoje é uma Ordem fechada. Uma panela que tudo faz para se preservar, fechando os olhos à classe”, condena, afirmando que a partir de agora essa realidade vai mudar.

O movimento

O Movimento Renovação e Atitude, liderado por Lúcio Flávio de Paiva, foi criado em 2012, com a junção entre o movimento Atitude e o movimento Renovação. “Essa movimentação classista começou em 2009, com a criação do Movimento Atitude, à época liderado pelo advogado Renaldo Limiro, um dos mais tradicionais oposicionistas de Goiás. Em 2009, naquela eleição, ele lançou um grupo, do qual fiz parte desde o início da caminhada. Ficou em terceiro lugar, de cinco ou seis chapas. Em 2012, nós resolvemos fazer a unificação das oposições, criando o Movimento Renovação e Atitude, unindo a então Renovação, encabeçada pelo Leon Deniz, e a Atitude, com minha liderança. Leon foi candidato a presidente e eu fui candidato a vice-presidente e nos mantemos unidos e coesos desde então”, explica Lúcio Flávio.

Biografia
advogado Lúcio Flávio

Lúcio Flávio Siqueira de Paiva é advogado; especialista em Processo Civil. Professor, palestrante, amigo, filho, irmão, namorado, apreciador de futebol e de uma boa conversa regada a cerveja gelada… Mas, sobretudo, um empreendedor – qualidade essencial para profissionais de destaque da atualidade.

“Desde quando eu entrei para a faculdade (1996 – UFG), eu sabia que seria advogado, para empreender, encabeçar meu negócio próprio”.

Em 2006, Lúcio já ministrava aulas em quatro instituições: PUC, UFG (como professor substituto), Axioma Jurídico (cursinho preparatório para concursos) e Esmeg.

Como bom empreendedor, Lúcio Flávio adora desafios. Foi logo contratado para advogar depois de um estágio bem-sucedido, mas não se acomodou. Abriu seu primeiro escritório – Pereira, Boechat e Paiva – em 2002, pouco depois de se formar. E, em 2004, aos 27 anos, tornou-se também professor, após concurso acirrado da então Universidade Católica – hoje, PUC Goiás. Gostou da sala de aula e assim conseguiu o subsídio para patrocinar o sonho da advocacia.

“De 2002 a 2006, eu paguei para trabalhar como advogado, mas a docência me deu vitrine e me projetou”.

Neste mesmo ano, abriu seu segundo escritório, o GMP Advogados, com Marcos César Gonçalves (Direito Público) e Carlos Márcio Rissi Macedo (Penal). Em 2010, fizeram a fusão com o advogado Breno Rassi (Empresarial) e se tornaram GMPR Advogados. Logo depois, o desembargador aposentado Jamil Pereira de Macedo passou a integrar os quadros da empresa, assim como outros associados. Enfim, a advocacia conquistou espaço majoritário na agenda concorrida e a docência tornou-se um exercício de alegria.

Em 2012, concorreu como vice do advogado León Deniz pela Renovação com Atitude e manteve aquecido o movimento de oposição, apesar de ter recebido vários convites para aderir à situação.

Resumo de propostas da chapa OAB que Queremos

Resgate do papel institucional da OAB

Resgatar a atuação histórica da OAB e sua participação efetiva nos grandes debates nacionais, regionais e locais. Reforçar sua atuação na defesa da sociedade e da Constituição. Reposicionar a Ordem como instituição reforçando seu posicionamento independente dos outros poderes do Estado. Resgatar o orgulho do advogado por sua carreira.

– Defender e postar-se ao lado da sociedade em geral e das comunidades no particular nas demandas por saúde pública e educação eficientes, trabalho, segurança pública etc..

– Propor ações coletivas pertinentes às demandas sociais.

– Participar efetivamente de ADI’s e ADC’s nos termos e limites constitucionais.

– Criação do Observatório da Corrupção, com comissão para averiguar denúncias e acompanhar processos; é um instrumento para que a sociedade exerça seu urgente interesse no rápido julgamento de casos de malfeitos no poder púbico.

Transparência na gestão da OAB-GO

Pugnar por uma gestão transparente e compartilhada, com transmissão periódica e automática das informações financeiras para o Portal da Transparência.

– Aperfeiçoamento do Portal da Transparência com a inserção de todos os dados da gestão administrativa e financeira da OAB.

– Publicação periódica de das informações da gestão administrativa e financeira em murais de todas as subseções e salas da OAB no interior.

– Transparência aos cálculos para formação do valor da anuidade da OAB, segundo os custos apresentados pelo Portal de Transparência.

– Moralização dos repasses às subseções, utilizando critérios objetivos.

– Elaboração de regulamento próprio para contratação de pessoal por meio de seleção pública.

– Promover contratação de obras, serviços, alienações e locações por meio de seleção pública.

– Eleição direta para composição das listas sêxtuplas do quinto constitucional.

Respeito às prerrogativas do advogado

Criação da Procuradoria da OAB para atuação efetiva, automática e compulsória em defesa das prerrogativas da advocacia. Promover a defesa das bandeiras e dos anseios da classe junto aos tribunais e demais órgãos relacionados à administração da justiça.

– Criar o quadro de Procuradores da OAB/GO, que deve ser provido por seleção pública

– Atuação efetiva na defesa das prerrogativas, bandeiras e anseios da advocacia junto a tribunais e demais órgãos da administração da Justiça.

– Manter diólogo permanente com o TJGO sobre os critérios a serem adotados para julgamentos monocráticos, evitando a presunção de má-fé em caso de recursos…

– Exigir o cumprimento do Estatuto no atendimento dos advogados pelos magistrados e membros do Ministério Público.

– Exigir provimento das Comarcas do interior pelo TJGO.

– SOS Morosidade – para receber reclamações e exigir do Poder Judiciário a celeridade necessária (atribuição do procurador concursado para preservar a identidade do advogado reclamante).

– SOS Honorários – para que a seccional intervenha como assistente nos processos em que ocorrem a fixação dos honorários irrisórios (atribuição do procurador concursado).

– Reclame OAB – para recebe reclamação sobre o andamento dos processos, atendimento dos magistrados e serventuários da justiça, funcionamento dos cartórios judiciais ou das salas da OAB (atribuição do procurador concursado).

Aperfeiçoamento do advogado

Fortalecimento da Escola Superior da Advocacia, com atuação permanente, para aperfeiçoar o conhecimento jurídico do advogado e capacitá-lo para concursos relacionados às procuradorias públicas.

– Criação do Curso Permanente de Educação Jurídica.

– Curso para advogados concurseiros, relacionados não apenas às procuradorias públicas mas a toda e qualquer carreira jurídica

– Tornar o curso permanente da educação jurídica da ESA reconhecido como prática jurídica para concursos públicos.

– Criação da revista científica da ESA com Conselho Editorial e ISBN.

– Concurso para estimular a produção científica.

– Mestrado da ESA em parceria com outras instituições de ensino.

– Curso de aperfeiçoamento de língua estrangeira jurídica (inglês, espanhol e outros).

Regionalização de serviços

Romper com a hegemonia da capital na oferta de serviços ao advogado, ampliando e bem aparelhando as subseções e as Salas da OAB no interior do Estado. Regionalização efetiva dos serviços da OAB-GO por meio da Casag e da ESA.

– Regionalizar os serviços da Casag.

– Regionalizar os serviços da ESA.

– Regionalizar os serviços da biblioteca.

– Regionalizar dos serviços da farmácia.

– Criar as comissões itinerantes.

– Promoção de reuniões periódicas da Diretoria nas subseções.

Ampliação da oferta de serviços sociais

Ampliar a atuação assistencial da Casag, condição que passa obrigatoriamente pela regularização e pela manutenção dos índices legais de repasses para a instituição.

– Ampliar os convênios – hotel de trânsito – vice MG) (restaurantes, loja de roupas, companhias aéreas, concessionárias, telefonia, supermercado, academia…).

– Flexibilização do pagamento das anuidades (maior parcelamento das anuidades em atraso e criação de meio alternativos para pagamento).

– Isenção da anuidade aos advogados nos termos da previdência social (doença grave, incurável ou contagiosa); Auxílio especial de viuvez; Auxílio de doença grave, incurável ou contagiosa; Auxílio especial (filho com necessidade especial).

– Instituir a livraria on-line.

– Estender o plano de saúde e odontológico aos empregados dos escritórios.

– Reformar e revitalizar o CEL/OAB.

– Estacionamento gratuito da OAB/CEL para os advogados.

Apoio à advocacia jovem

Oferecer aos jovens advogados os meios (formação, apoio e encaminhamento) de ingresso num mercado de trabalho cada vez mais seletivo e competitivo.

Curso gratuito de formação para novos advogados: oferecer subsídios para o enfrentamento dos desafios da profissão, com o seguinte conteúdo programático mínimo:

– Ética Profissional

– Gestão de Escritório – administração e finanças

– Marketing Jurídico

– Área de Atuação – avaliação de mercado – nichos e oportunidades

– Questões Práticas sobre Honorários – preço, contrato e cobrança

– Meios Adequados de Tratamentos de Conflitos (advocacia colaborativa,conciliação, mediação e arbitragem

– Argumentação e Persuasão e Aspectos Práticos na Redação de Peças

– Oratória.

– Postura em audiências e sustentações orais

– Português Jurídico

– Peticionamento Eletrônico

– Aspectos Relevantes do Novo CPC

– Gestão de tempo.

– Criação do “Programa Trainee” conveniado com escritórios de advocacia e órgãos públicos. Nos moldes das grandes empresas privadas.

– Criação de cursinhos especializados para concursos da advocacia pública (PGE, PGM, AGU, DPU etc.).

– Criação da Central de Currículos.

– Criação do balcão de anúncios.

– Implantação do programa Meu Primeiro Escritório.

Apoio e estimulo à participação das mulheres

Romper com a hegemonia masculina nas funções de comando da ordem em Goiás, perseguindo a paridade.

– Instituição do Programa Mais Mulheres: criação do Núcleo de Apoio à Família, com implantação da Creche da Advogada, oferta de acompanhamento psicológico e social para dependentes químicos e de cursos e palestras sobre educação e desenvolvimento de crianças e adolescentes.

– Fomentar a participação da mulher nos organismos gerenciais da OAB, na mesma proporção do índice de advogadas inscritas (45%);

– Estimular a participação da mulher de modo que as presidências de comissões e seccionais acompanhem o percentual de advogadas inscritas na ordem;

– Criação da Brinquedoteca no Fórum-Tribunal de Justiça

– Criação da Biblioteca Infantil na ESA

– Reativação da Academia dos Advogados

Posições no Conselho Federal

– Revisão do modelo eleitoral. Eleição proporcional do Conselho. Eleição da diretoria em dois turnos. Fim da chapa batida.

– Alteração do regulamento geral para retirada da cláusula de barreira, permitindo a participação da OAB Jovem no Conselho da seccional.

– Uniformização de procedimentos em defesa das prerrogativas, honorários advocatícios…

– Defender veementemente a manutenção do exame de ordem.

– Posição firme acerca da abertura de novos cursos jurídicos. Fiscalizar e exigir fiscalização da qualidade de ensino das faculdades de direito. Participar do processo administrativo para abertura de novos cursos jurídicos, emitindo parecer vinculante. Ter assento permanente no Conselho Nacional de Educação.

 

 

Chapa OAB que Queremos – composição

Diretoria

Presidente – Lúcio Flávio Siqueira de Paiva

Vice-presidente – Thales José Jayme

Secretário-geral – Jacó Carlos Silva Coelho

Secretária-geral adjunta – Simone Oliveira Gomes

Tesoureiro – Roberto Serra da Silva Maia

Diretoria da Casag

Presidente – Rodolfo Otávio Pereira da Mota Oliveira

Vice-presidente – Marcelo Di Rezende Bernardes

Secretária-geral – Ana Lúcia Amorim Boaventura

Secretário-geral adjunto – Estênio Primo de Souza

Tesoureiro – Carlos Eduardo Ramos Jubé

Adjuntos Casag

Cácia Rosa de Paiva

Helvécio Costa de Oliveira

Osório Evandro de Oliveira Silva

Tênio do Prado

Thiago Mathias Cruvinel

Conselheiros seccionais (titulares e suplentes)

Aibes Alberto da Silva

Allinne Rizzie Coelho Oliveira Garcia

Ana Carollina Ribeiro Barbosa

Ana Paula Félix de Souza Carmo Gualberto

André Luis Cortes de Souza

Arcênio Pires da Silveira

Ariana Garcia do Nascimento Teles

Bárbara de Oliveira Cruvinel

Bartira Macedo de Miranda Santos

Carla Franco Zannini

Carlos André Pereira Nunes

Caroline Regina dos Santos

Colemar José de Moura Filho

Daniella Grangeiro Ferreira

Danilo Di Rezende Bernardes

Danúbio Cardoso Remy

David Soares da Costa Júnior

Delzira Santos Menezes

Diego Martins Silva do Amaral

Dirce Socorro Guizzo

Eduardo Alves Cardoso Júnior

Eliane Ferreira Pedroza de Araújo Rocha

Eliane Simonini Baltazar Velasco

Erlon Fernandes Cândido de Oliveira

Fabrício Antônio Almeida de Britto

Fabrício Cândido Gomes de Souza

Fabrício Rocha Abrão

Flávia Silva Mendanha Crisóstomo

Flávio de Oliveira Rodovalho

Flávio Henrique Silva Partata

Henrique Alves Luiz Pereira

Idélcio Ramos Magalhães Filho

Iraci Teófilo Rosa

Janine Almeida Sousa de Oliveira

Janúncio Januário Dantas

Jean Pierre Ferreira Borges

Jônatas Moreira

José Carlos Ribeiro Issy

José Humberto Abrão Meireles

José Mendonça Carvalho Neto

Juscimar Pinto Ribeiro

Leandro de Oliveira Bastos

Leandro Martins Pereira

Leandro Melo do Amaral

Lilian Pereira de Moura

Luciano de Paula Cardoso Queiroz

Luís Gustavo Nicoli

Marcos César Gonçalves de Oliveira

Marlene Moreira Farinha Lemos

Maura Campos Domiciana

Maurício Alves de Lima

Milena Maurício Moura

Nadim Neme Neto

Osmar de Freitas Júnior

Paulo Gonçalves de Paiva

Phelippe Dall’Agnol

Rafael Lara Martins

Raphael Rodrigues de Ávila PIinheiro Sales

Renata Abalém

Renata Medina Felici

Ricardo Gonçalez

Ricardo Silva Naves

Rildo Mourão Ferreira

Rodnei Vieira Lasmar

Rodrigo Lustosa Victor

Romildo Cassemiro de Souza

Rubens Fernando Mendes de Campos

Sara Mendes

Scheilla de Almeida Mortoza

Sérgio Murilo Inocente Messias

Simon Riemann Costa

Telmo de Alencastro Veiga Filho

Valdir José de Medeiros Filho

Valéria Alves dos Reis

Vandelino Cardoso Filho

Vasco Rezende Silva

Vitor Hugo Albino Pelles

Viviany Souza Fernandes

Waldemir Malaquias da Silva

Weliton Soares Teles e Silva

More in this category:
Notícias do Universo Jurídico.

Pesquisar em Artigos

Calendário dos Artigos

« May 2019 »
Mon Tue Wed Thu Fri Sat Sun
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Quem Somos

Registrado na OAB-GO 206 o escritório Thales Jayme Advogados Associados, possui mais de 15 anos de trabalho com profissionalismo, seriedade e comprometimento

É o caminho percorrido por Thales Jayme Advogados Associados para conquistar confiança e competência no seu segmento.

Twitter Corporativo

Software Projurídico

O G Suite está a oferecer uma versão experimental gratuita de 14 dias. Inscreva-se através de… https://t.co/pwHIlHJbFq

Software Projurídico

O G Suite está a oferecer uma versão experimental gratuita de 14 dias. Inscreva-se através de… https://t.co/4Lhq3svhXK

Follow Software Projurídico on Twitter

Fale Conosco

Tv César Baiocchi Sobrinho , 20

Setor Sul - Goiânia, GO

(62) 3945-5577

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Clipping Jurídico

Assine nossa Newsletter !